O que muda com a parceria entre Itaú-Unibanco e a Porto Seguro Seguros


25.08.2009

O que muda com a parceria entre Itaú-Unibanco e a Porto Seguro Seguros

Fracassadas as negociações com o Bradesco, a Porto Seguros anunciou nesta segunda-feira sua associação com o Itaú-Unibanco.

A empresa criada pela associação entre Itaú-Unibanco e Porto Seguro nasceu líder de mercado. São três milhões e 400 mil automóveis segurados e mais um milhão e 200 mil residências.

Com a associação, o ranking das maiores seguradoras do país mudou. A sociedade 'Porto Seguro-Itaú-Unibanco Participações' passou a ter mais de 25% do mercado, sem contar seguro saúde. O Bradesco ocupa o segundo lugar, seguido por Caixa, Brasilprev e Sulamerica.

Em um primeiro momento, nada muda para os segurados da Porto Seguro, da Azul - outra marca da companhia - e do Itaú-Unibanco. As apólices das três empresas continuarão a ser vendidas no mercado.

Os especialistas dizem que os consumidores só vão perceber os efeitos da associação a longo prazo. "Essa associação poderá trazer uma melhoria de produtividade no desenvolvimento de produtos tanto no segmento automóveis, como no segmento residência e fazendo com que então essa nova empresa possa comercializar o seu produto a prêmios mais baixos", afirma o economista e professor da Insper, Otto Nogami.


Fonte: Jornal da Globo
Data: 25.08.2009