Perdas grandiosas com morte de Michael Jackson


30.06.2009

O Lloyds de Londres admitiu sexta-feira última que subscreveu riscos do seguro de não realização dos shows que o cantor Michael Jackson, morto na quinta, faria na Grã-Bretanha, em julho.

Todos os ingressos para os 50 espetáculos programados foram vendidos. A produtora AEG Live, responsável pela turnê, pode perder até US$ 40 milhões se o seguro não for suficiente para cobrir o que já gastou com a produção.

Mas o 'Último Segundo', no site do IG, atribuindo a informação a "especialistas do mercado atuarial", noticiou na sexta que "havia pouca demanda no mercado de seguros de Londres para cobrir todas as datas dos shows programados e calculou que a AEG Live seria responsável por arcar com aproximadamente 348 milhões de euros".


Fonte ou Autoria é : Lloyds de Londres / ig