LIBERTY COMPRA A INDIANA


11.10.2007

Liberty faz proposta de incorporação à Indiana

São Paulo, 11 de Outubro de 2007 - Empresas devem manter estruturas operacionais separadas para atuar no mercado. O Grupo norte-americano Liberty Mutual anunciou ontem que sua subsidiária no País, a Liberty International Brasil Ltda., assinou acordo de compra de 100% da Indiana Seguros S.A. A aquisição, entretanto, está sujeita à aprovação regulatória do País.

As duas seguradoras têm foco na mesma espécie de produto: apólices para veículos.

Uma vez concluído o processo de incorporação pelas autoridades locais, a Liberty deve tornar-se a 10 colocada entre as empresas de ramos elementares do mercado brasileiro de seguros. Terá participação de 3,2%, uma carteira com cerca de 1 milhão de clientes e prêmios no montante de R$ 1,1 bilhão. A aquisição também deverá colocar a Liberty na 6 posição entre as seguradoras brasileiras de veículos. Ficará com 6,4% de participação deste filão.

Fundada em 1943 pela família Afif, a Indiana soma prêmios de R$ 325 milhões e possui cerca de 500 funcionários. A companhia distribui seu principal produto por corretores cadastrados, que atuam dentro de concessionárias de veículos onde estes são vendidos. A Indiana também comercializa apólices de seguros residenciais e de vida."A Liberty é forte em seguros de carros semi-novos, a Indiana, em veículos novos, um mercado muito aquecido no País. Atuaremos de forma complementar, mantendo as estruturas das duas companhias", disse Luis Maurette, presidente da unidade brasileira da Liberty. Os Afif detém o controle da Indiana, com 60%. O Bradesco possui os 40% restantes. Guilherme Afif Domingos e seu irmão, Cláudio Afif Domingos, continuarão a fazer parte do Conselho de Administração da companhia.

O Grupo Liberty Mutual opera no Brasil desde 1996, quando adquiriu a Companhia Paulista de Seguros, uma empresa brasileira que atuava no mercado de ramos elementares. A empresa seguradora também oferece outras espécies de apólices, como seguros de vida, residencial, comercial, de condomínios e transportes terrestre e marítimo.

Sua sede está localizada em São Paulo. Há outras 76 filiais suas no País.

Fonte: Gazeta Mercantil Online
(Gazeta Mercantil/Finanças & Mercados - Pág. 2)(Luciano Feltrin)